8 de Janeiro 

 

Palavra que toca 

 

Leitura Bíblica: Deuteronômio 1.1-8 

 

Estas são as palavras ditas por Moisés a todo o Israel no deserto, a leste do Jordão (Dt 1.1). 

 

     Na leitura de hoje nos deparamos com Moisés, já em idade avançada. Por meio dele Deus concedeu a lei – os Dez Mandamentos. Foi um fiel e amado servo do Senhor, digno de toda admiração. Agora se despede do seu povo. Suas palavras tocam. Ao longo do livro de Deuteronômio, ele faz uma retrospectiva impressionante da história de Israel durante sua caminhada pelo deserto, de maneira que mexe com a mente e o coração. Ele descreve as cenas e as circunstâncias dos quarenta anos de peregrinação. Rememora os acontecimentos da história. Que despertar os corações e mentes para lembrar o que o Senhor fez. Estes relatos de Moisés não são menos importantes para nós. As exortações e orientações deste livro nos atingem como se tivessem sido pronunciadas hoje, na nossa realidade. Não é exatamente assim com toda a Bíblia? De forma clara  ela falar de nossa realidade e das circunstâncias do dia-a-dia. A Palavra de Deus fala a nós com tanto vigor e determinação como se tivesse sido escrita especialmente para nós. A Bíblia nunca é antiquada ou moderna. Ela sempre é atual. Não quer simplesmente descrever a história que passou. É o livro do tempo presente, para hoje. É o livro de Deus. É sua revelação perfeita. Por meio  dela ouvimos a sua voz, o seu falar. É o livro para todos os tempos, para todas as nações, para todas as classes de pessoas, sejam ricas ou pobres, estudadas ou não, jovens ou adultos. Ela fala uma linguagem tão simples que uma criança pode entendê-la e mesmo assim tão profunda que não pode ser interpretada com a razão. Em toda a Sagrada Escritura encontramos palavras que tocam o nosso coração. Por meio delas o Senhor nos confronta e convida. Desafia-nos a lembrar o que ele fez por nós. Você já experimentou isso/ - LS 

 

Senhor, dá-nos uma palavra para o nosso coração e um coração para a tua palavra.