9 de Janeiro 

 

Água Viva 

 

Leitura Bíblica: João 4.1-14 

 

Se alguém tem sede venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva (Jo 7.37b-38). 

 

    Como médico é fantástico presenciar os avanços que surgem a cada dia. Já se discutiu muito sobre a maior revolução na história da Medicina. Para uns, o surgimento dos antibióticos, para outros, a invenção da anestesia. Segundo um colega, porém, a maior foi a água na veia. Realmente, muitos pacientes são recebidos a cada dia nos OS, vítimas de traumas diversos, com hemorragias importantes, quase mortos por falta de sangue e então, como que por mágica, são ressuscitados pela simples introdução maciça de soro fisiológico em suas veias, normalizando a pressão arterial, restabelecendo a irrigação de órgãos vitais e a vida. A situação de muitos hoje é como daqueles exemplo de um galho recém-arrancado de um arbusto, usado por um amigo missionário pregando entre ribeirinhos no Acre: “Ele está vivo ou morto?” E um sábio da comunidade responde: “Parece que ta vivo mas ta morto!”.

     Há pessoas assim: aparentemente vivas, mas mortas interiormente que, após tentarem ser auto-suficientes, “sangraram” em lágrimas toda sua esperança, o sentido da vida e a decepção que disto restou. E quando tudo parece escuro e sem vida, surge o motivo para deixar a tristeza, levantar-se e viver mais um dia “pois o Cordeiro que está no centro do trono será o seu Pastor; ele os guiará ás fontes de água viva. E Deus enxugará dos seus olhos toda lágrima” (Ap 7.17).

     Água viva bebida ou injetada em nossas veia espirituais dando-nos  sentido para a vida e a certeza da eternidade junto dele, aquecendo nosso coração e fazendo-nos finalmente sentir que estamos vivos! Não há por que continuar cavando poço no solo seco da vida sem Jesus. Como para a mulher samaritana, a água viva que Jesus ofereceu é para todos. Não há restrição a pessoas e nem da quantidade do seu amor. Beba e sacie-se: o único preço é admitir que você precisa dela. – CE 

 

        Indispensável: água para o corpo; Jesus para o espírito.