31 de Janeiro 

 

Deus escreve 

 

Leitura Bíblica: Deuteronômio 5.1-21 

 

Você demonstram que são uma carta de Cristo, resultado do nosso ministério, escrita não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de corações humanos (2 Co 3.3). 

 

    É pela escrita que se dá a autenticidade da história de uma civilização, e é por ela que o homem descreve os feitos da humanidade e registra a sua passagem pelo mundo. Escrever é um ato simples do homem. E pela escrita, que passou pelos pergaminhos até chegar ás nossas Bíblias, é que conhecemos e temos registrado como Deus se revelou ao homem. Entre fatos extraordinários e sobrenaturais que são feitos ao povo de Israel, Deus escreve. Numa ação comum a qualquer alfabetizado hoje e em toda a história, foi Deus que com o seu dedo escreveu as leis que atravessaram séculos de civilizações e hoje fazem parte do cristianismo.

     Apesar de não salvarem ninguém, hoje esses mandamentos, se fossem seguidos, dariam ordem a muitas vidas e as livrariam de conseqüências desastrosas, pois não foram escritos por homens de certa civilização, de certa cultura, mas pelo Deus vivo de ontem, de hoje e de sempre.

     Os quatro primeiros mandamentos falam da relação entre Deus e homem; os outros, da relação em família, com os pais e com a sociedade. Pela ordem fica claro que é preciso ter um saudável relacionamento com Deus para depois nos relacionarmos com o próximo.

     Hoje Deus continua a escrever, mas agora em tábuas do coração – escrever em corações é um ato sublime de Deus. O homem primeiro encontrou a pedra para deixar registrada a sua passagem, Deus encontrou o nosso coração para registrar a sua palavra. Em Cristo as tábuas foram abolidas, mas não a escrita de Deus. Guardar no coração as palavras é a maneira de não pecar contra Deus, que continua a escrever agora em corações humanos. – LM 

 

                 Deixe Deus registrar suas leis em seu coração.