23 de Fevereiro

 

Prioridades

 

Leitura Bíblica: Lucas 12.27-31

 

Busquem, pois, o Reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas (Lc 12.31).

 

    Cientistas fizeram uma expedição na África. Como tinham muita bagagem e não havia como transportá-la em algum veículo por falta de estradas, contrataram carregadores locais para fazerem o transporte. Compressa, impeliam-nos a avançar o mais rápido possível. Depois de três dias de exaustiva caminhada, os carregadores tiraram as cargas de seus ombros, sentaram-se sobre as caixas e recusaram-se a continuar. Então os cientistas lhes ofereceram mais dinheiro e disseram-lhes boas palavras, mas  nada os convencia a continuar a caminhada. Então lhes perguntaram por que se recusavam a prosseguir. E eles responderam: “Está rápido demais, nossas almas não conseguem nos acompanhar. Precisamos esperar até que o nosso espírito interior nos alcance, então prosseguiremos”. Eles tinham uma noção de que na correria da vida o homem interior fica para trás. Não é assim, que andamos tão carregados com todo tipo de “bagagens” em nossa vida a ponto de não termos mais tempo para nada? As “bagagens” da preocupação tiram-nos o sono. As “bagagens” do sucesso pessoal e profissional mantêm-nos sob constante pressão. Somos impelidos a buscar ter cada vez mais. A vida só gira em torno de trabalho e progresso. Ás custas  disso muitas vezes a família fica para trás. Os cônjuges não têm mais tempo um para o outro. Os pais não têm mais tempo para os filhos. Pior ainda é que nisso tudo Deus e sua palavra são negligenciados totalmente. Não se tem mais tempo para alimentar a alma. Cada vez mais filhos de boas famílias acabam envolvidos em drogas. Famílias se deterioram e se separam. Não seria isso também uma conseqüência dessas atitudes? Mais do que nunca precisamos consideras estas palavras de Jesus. As prioridades precisam ser claras. Primeiro o Reino de Deus. As outras coisas são conseqüências. Esta é a promessa de Jesus.- LS

 

   De que adianta ao homem ganhar o mundo e perder a sua alma? (Mt 16.26).