9 Abril

 

O sacrifício das

 

ovelhas

 

Leia-> Êxodo 12:1-14

O sangue nos batentes das portas será um sinal para marcar as casas onde vocês moram. Quando estiver castigando o Egito, eu verei o sangue e então passarei por vocês... (v.13).

    

      Se alguém me dissesse para sacrificar uma ovelha e espirra seu sangue nos caixilhos da porta de minha casa, eu ficaria aterrorizado. Não gostaria de fazer isto por duas razões: devido à perda da vida de um animal e a desfiguração de minha propriedade. Por que então Deus falaria a toda uma nação de mais ou menos dois milhões de pessoas para fazê-lo? Veja:

    Deus pedira repetidamente ao Faraó do Egito para libertar os israelitas para que eles pudessem adorá-lo no deserto (Êxodo 5:1; 8:1; 10:3). Apesar de ter sofrido nove pragas (7-10), o Faraó recusou-se a libertá-los. E Deus trouxe a décima e última praga (11).

    Nas nove anteriores, Deus agiu através de Moisés e usou a Sua criação (rãs, mosquitos, saraiva, etc.) como agentes de julgamento. Agora, o próprio Deus executou a décima praga. Ele foi por toda terra do Egito e abateu todos os primogênitos masculinos – tanto humanos como animais (12:12). Mas o Senhor também providenciou um escape deste golpe de morte (vv.3-7, 12-13).

    A Páscoa nos lembra que lidar com o pecado requer um sacrifício significativo (Hebreus 9:22). Sacrificar um cordeirinho perfeito e espalhar seu sangue no caixilho de sua porta é um ato brutal. Este é exatamente o ponto -  o pecado tem conseqüência horríveis.

   A Páscoa também é um lembrete da espantosa profundidade do amor de Deus. E revela-se em Sua provisão para salvar o Seu povo da morte. Israel fez como Deus ordenou (v28) e Ele manteve Sua promessa: “eu verei o sangue e então passarei por vocês” (v13). Os judeus foram poupados, mas não por causa da sua bondade. Não, eles continuaram vivendo devido à provisão de Deus, e à sua obediência em seguir as instruções divinas.

    Como você, por obediência ao seu amoroso Deus, lida com o seu pecado no dias de hoje?

 

- K. T. Sim