8 de Maio

 

Orações lembradas

 

Leia -> Atos 10:1-8

... O anjo respondeu:

 -Deus aceitou as suas orações e a ajuda que você tem dado aos pobres (v.4).

 

       Com uma breve história, Amapala, a capital de Honduras é uma pequena vila a localizada na lha Tigre. A bela paisagem é uma fachada que esconde a sua espiritualidade obscura. Amapala tem apenas uma igreja para aproximadamente 25 mil habitantes. Não é de admirar que a bruxaria seja abundante. Seis em cada dez jovens são homossexuais ativos. A sua aparência de cidade fantasma reflete a ausência do evangelho que traz a vida. Na escuridão, entretanto, surge uma esperança. Um empresário cristão do local está se preparando para doar um terreno para quem vier pregar Palavra.

      A esperança e a oração conduzem a frágil humanidade á sala do trono de Deus. Carregando a semente da Sua Palavra, a oração nunca é em vão quando pedimos de acordo com a Sua vontade. Sabemos que Ele nos ouve e que nossas orações serão respondidas (1 João 5:14-15).

      A história de Cornélio em Atos 10 revel o poder da oração na divulgação da mensagem de salvação. Um homem que “...de contínuo, orava a Deus” (v.2), Cornélio buscava a presença do Senhor. Deste lugar de rendição diária, ele chamou a atenção do céu. Com as preces “...a vitória sobre o mundo” (v.4). No devido tempo, ele e muitos outros receberam a salvação em Cristo (vv.44-48).

     O Espírito do Senhor atrai aqueles que estão dispostos a clamar pela restauração da justiça, cristão que estejam disposto a suprir as necessidades (Ezequiel 22:30). Onde quer que a oração vá, a esperança se fortalece. Como cristãos, somos chamados a orar para que:

 

·             Os olhos dos homens sejam abertos para compreender a salvação através de Jesus Cristo (Atos 26:18).

·             Obreiros preguem a Palavra com ousadia (Efésios 6:19-20).

Deus está profundamente preocupado com todas as nossas necessidades. Porém, as orações lembradas vêm de um coração que pulsa em compasso com dele

 

 – Regina Franklin