.1º de Junho

 

Parecendo!

 

Leitura Bíblica: Lucas 8.22-25

 

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça (1Jo 1.9).

 

    Os discípulos sabiam navegar no Mar da Galiléia, mas uma inesperada tormenta os ameaça. Jesus, porém, está a bordo e, em desespero, eles gritam: “Mestre, estamos perecendo!”.

    Quantas tormentas enfrentamos! Pensemos nos lares. Casais que cresceram na igreja e participaram de tudo. Fizeram um curso de noivos e imaginam-se preparados para navegar pela vida familiar. Nascem os filhos. Mas de repente surgem tempestades. O esposo perde o emprego e meses depois a esposa também. O marido encontra um novo emprego, mais distante, com salário menor e sem plano de saúde. E então o filho adoece. O pai precisa enfrentar filas madrugada a dentro. O casal vive com os nervos à flor da pele. Se antes conversavam e até liam a Bíblia juntos, agora um evita o outro. A tormenta os deixa confusos e inseguros. Antes freqüentavam os cultos regularmente, mas essa prática foi-se espaçando e hoje sentem-se estranhos na igreja. Resta em casa a  TV, que ocupa todos os espaços, mas um ambiente para oração e leitura bíblica não existe. As coisas espirituais, nas quais haviam sido criados, ficaram no passado.

    Um dia o esposo passa em frente àquele antigo templo. Relembra o passado. Recorda que a Bíblia foi sempre válida na vida de seus pais. Teria surgido algo melhor que a Palavra de Deus? Esta idéia o  acompanha durante o dia. À noite, ao voltar, convida a esposa para orarem. Ela se surpreende, mas o acompanha. Lá no quarto se ajoelham: “Mestre, estamos perecendo perdão. Os dois filhos pequenos estranham aquele choro dos pais e também acabam chorando, nem bem sabendo por quê. Mas há algo de novo no ar. Uma tranqüilidade se instala. Decidem começar tudo de novo, sabendo agora que podem contar com a presença do Mestre. Sim, “se confessarmos...ele perdoa”. – HM

 

               Na tormenta, conte com o Senhor.