.2 de Junho

 

Olhos abertos

 

Leitura Bíblica: Salmo 119.17-24

 

 Abre os meus olhos para que eu veja as maravilhas da tua lei (Sl 119.18).

 

     Num lar que acolhe crianças com diversos tipos de deficiência, vivia uma menina cega. Diariamente numa atitude impaciente, ela tateava as janelas do quarto de brinquedos. Então, quando alguém lhe perguntava: “Menina, o que está fazendo?”, ela respondia: “Procuro o sol”. Nessas poucas palavras de uma menina está inserida a profunda saudade escondida no coração humano: todos procuram luz. Tudo o que vive inclina-se para a luz. Sem sol, sem luz, não haveria vida. A luz é fundamental para que a vida se desenvolva. E o se humano procura a luz, o calor, o brilho e a clareza. Necessitamos de luz para entendermos a nós mesmos. Perguntas como: De onde velho? Qual o sentido da vida? Para onde vou? Nos fazem “tatear” pelo caminho. Precisamos de luz para entender o que é verdade num mundo onde tudo se tornou relativo. O que é absoluto? O que é confiável? Quais são os valores que realmente sustentam a minha vida? Precisamos de clareza para a nossa vida, para as nossas decisões, para nossa família. Tudo é tão confuso ao nosso redor. Famílias são destruídas, casais se separam, há tatos filhos “órfãos de pais vivos”. E a conseqüência de tudo isso são sonhos frustrados, lágrimas amargas e esperanças perdidas. É por isso que o salmista ora: abre os meus olhos para que eu veja as maravilhas da tua lei. É sempre assim: onde a Palavra do Senhor é lida com fé e obediência, agir de Deus. Encontramos a luz que nos mostra o que de fato precisamos, e despertamos da “cegueira”. A Bíblia quer abrir nossos olhos para a luz do mundo, para Jesus. Por natureza somos cegos para isso e tateamos pela escuridão da vida. Mas não precisa ser assim. Não viva você nesta grande deficiência da cegueira espiritual. Deixe Jesus, a luz do mundo, iluminá-lo. Ele trará resposta às suas perguntas. – LS

 

     A palavra de Deus é lâmpada para os nossos passos e luz para nossos caminhos (Sl 119.105).