.7 de Junho

 

Libertos

 

Leitura Bíblica: Romanos 8.1-9

 

Vocês foram libertos do pecado e tornaram-se escravos da justiça (Rm 6.18).

 

     Numa tarde, quando entrei em casa, meus pais estavam ouvindo um programa de rádio evangélico. A mensagem era clara e encontrou-me como jovem deprimido e convicto dos meus pecados. No meio da mensagem, o pastor citou João 8.36: “Se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres.” Foi bem a palavra de que eu precisava. Sem ouvir o resto do programa, fui ao meu quarto, ajoelhei-me ao lado da cama e pedi que Jesus me libertasse dos meus pecados e me salvasse. Quando me levantei, senti pela primeira vez com certeza que realmente estava salvo.

    Fui criado em um lar cristão, mas nossa igreja não ensinava o evangelho ao ponto de levar alguém à decisão de aceitar Cristo. Felizmente Deus me alcançou pelo rádio naquele dia! Muitas vezes tinha confessado meus pecados a Deus, mas sem a certeza do perdão. Daquela vez dirigi-me a Deus por Cristo e fui aceito como diz João 14.6: “ Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.” Senti a paz do perdão que recebi em Cristo.

   Como acontece com muitos, entrei em dúvidas: mas se Cristo me libertou, porque ainda peco? Será que não estou mais salvo? Começou um tempo de lutas e de procurar respostas. Finalmente aprendi que sim, Cristo entrou na minha vida, mas eu ainda tinha a natureza pecaminosa que precisava ser dominada pela liberdade recebida em Cristo. Tinha de escolher o caminho da liberdade, reconhecendo que em Cristo eu me tornara escravo da justiça.

    A passagem dos anos no serviço de Deus não mudou minha necessidade de confiar em Cristo e de tomar diariamente uma posição de fé. A Posição do cristão é “em Cristo” e não “no pecado” com suas muitas formas. “Vocês foram libertos e se tornaram escravos de Deus” (Rm 6.22). É graças ao Espírito Santo que habita em nós que não estamos sob o domínio da carne, mas do Espírito (8.9). Não nos deixemos levar pelo vai-vem da emoção; mas demos atenção à Palavra que gera a fé genuína. – TL

 

      Liberdade não é ir a qualquer lugar: é conhecer o caminho certo.