19 Julho

 

Tempo de obedecer

 

Leia->Êxodo 16:1-29

Então o Senhor Deus disse a Moisés: - Até quando vocês vão desobedecer às minhas ordens e às minhas leis (v.28).

 

      Minha esposa Miska e eu gostamos de esclarecer as coisas com nossos filhos pequenos. Muitas vezes perguntamos como se sentem ou se compreendem as orientações que estamos lhes dando. Mesmo quando demonstram uma atitude negativa conseguimos convencê-los. Porém, nem sempre é assim. Ás vezes, acaba a hora da conversa e chega o momento de “fechar a boca e obedecer.”

   Deus deve ter o mesmo sentimento ao lidar conosco. Na época do Êxodo, os israelitas começaram a reclamar e choramingar por mais comida. Deus deu-lhes uma resposta improvável, dizendo que derramaria maná (um alimento adocicado, parecido com wafer) e codornizes do céu. Deus queria usar esta alimentação milagrosa para ensinar Israel a confiar em Sua poder e em Seu generoso desejo de suprir todas as necessidades deles. Para isso, lhe deu instruções claras para que a cada amanhecer o povo recolhesse somente o alimento necessário para aquele dia e nada mais. Infelizmente, “...alguns não obedeceram à ordem de Moisés e guardaram uma parte daquele alimento” (Êxodo 16:20).

     Em seguida, Deus instruiu o povo a recolher uma porção dobrada no final de semana, permitindo que o povo descansasse no sábado. No entanto, mais uma vez, “...no sétimo dia algumas pessoas saíram” para surrupiar o alimento que – descobririam – não estava lá (v.27).

     A resposta de Deus revelava Sua frustração. Quando meu povo vai simplesmente obedecer? (v.28). Deus está sempre aberto aos nossos questionamentos. Ele é paciente, persistente, misericordioso e bondoso e conhece muito bem as nossas imperfeições humanas. Contudo, chega o momento em que nossos perguntas são uma maneira de nos escondermos do risco e do perigo da desobediência. Surge o instante que precisamos silenciar nossas justificativas ou temores e simplesmente obedecer – a hora é agora.

- Winn Coller