31 Agosto

 

Regozije-se

 

Leia-> Salmo 16

Por isso o meu coração está feliz e alegre, e eu, um ser mortal, me sinto bem seguro (v.9).

 

      Por toda a África, de Serra Leoa a Uganda, líderes rebeldes capturaram centenas de milhares de crianças inocentes para transformá-las em soldados. Forçando a cometer crimes e assassinatos, às vezes contra seus próprios parentes, estas crianças-soldado raramente conseguem se perdoar ou se readequar à sociedade caso tenham a rara oportunidade de largar o serviço forçado.

      Porém, quando o milagre acontece – e uma criança consegue se perdoar e experimentar o perdão através da graça de Deus – há motivo para regozijar!

      Recentemente, vi 100 crianças ex-soldados cantando e louvando a Deus por tê-las resgatado das mãos dos seus opressores. Sua celebração girava em torno do Salmo 13:4-6, que diz: “Assim os meus inimigos não poderão se alegrar com a minha desgraça, nem poderão dizer: ‘Nós o derrotamos!’ Eu confio no teu amor. O meu coração ficará alegre, pois tu me salvarás. E, porque tens sido bom para mim, cantarei hinos a ti, ó Senhor.”

      Enquanto estavam em mãos de seus captores, as crianças tinham orado assim: “Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios planos. Rejeita-os por causa de suas muitas transgressões, pois se rebelaram contra ti” (Salmo 5:10).

      Apesar de haver passado muito tempo entre suas orações e sua libertação, as crianças puderam enfim viver a continuação do salmo, que diz “Mas os que buscam abrigo em ti ficarão contentes e sempre cantarão de alegria porque tu os defendes. Os que te amam encontram a felicidade em ti. Pois tu, ó Senhor Deus, abençoas os que te obedecem, a tua bondade os protege como um escudo” (Salmo 5:11-12).

      Que belo exemplo de livramento e restauração quando as crianças, antes presas em uma existência deplorável, regozijam-se por causa do que o Senhor fez por elas.

- Roxanne Robbins