6 de Setembro

 

Caminho aberto

 

Leitura Bíblica: Filipenses 4.4-6

 

Em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus (Fp 4.6).

 

       Grande parte dos casebres dos cristãos do Suriname consiste de um só cômodo. Por isso muitos cristãos, para estarem a sós com Deus, procuravam um lugar de oração no mato. Diariamente se retiravam para ali estar em silêncio e falar com Deus. Com o passar do tempo formava-se um caminho de chão batido do casebre até ao local de oração. Isso se tornava um sinal evidente de que aquela família orava. Porém, certo dia um cristão encontrou o seu vizinho e, com muito amor, disse-lhe: "Irmão, o mato está tomado conta do seu caminho de oração".  Ele queria lembrá-lo de que certamente não tinha mais tempo para orar. Sua vida de oração havia cessado. O caminho estava fechado. Outras coisas ocupavam o seu tempo de tal forma, e ponto de ele não procurar mais a presença de Deus. Com certeza a grande maioria de nós vive hum conforto maior. Mas como está a nossa vida de oração? Será que não há sinais evidentes de que temos sido omissos na nossa comunhão com Deus? O texto de hoje nos traz uma exortação de Paulo. Ele diz que devemos alegrar-nos no Senhor. Diz que o Senhor está por vir. Insiste que, em vez de andar ociosos, devemos orar. Em todas as situações devemos antes de tudo orar. Orar significa abrir o coração e derramar diante de Jesus tudo o que se passa em nós e ao redor de nós. É chegar junto ao trono da graça de Deus e depositar tudo diante dele. É saber que há um Deus que está acima de tudo. Nada é tão grande que o Senhor não possa remover. Nada é tão complicado que o Senhor não possa entender. Mas é preciso que o caminho da oração esteja aberto. A oração também é o lugar aonde trazemos nossa gratidão a Deus. Como é fácil esquecer de agradecer. É ali, na sua presença, que cresce a nossa alegria no Senhor. Quanto mais conhecermos a Jesus maior a nossa gratidão. Você o conhece? _ HK

 

       A oração é o caminho que nos mantém em comunhão com Deus.