.21 de Setembro

 

Confiança

 

Leitura Bíblica: Jó 1.1-22

 

Bendirei o Senhor o tempo todo! (Sl 34.1).

 

     Uma das histórias mais belas da Bíblia é a de Jó. E hoje, quando relacionamento com Deus e sofrimento são tidos como coisas incompatíveis, vale a pena lembrar sua vida. É o típico caso de quem não merecia sofrer. Jó era íntegro, bom pai, bom marido, rico, justo e, de quebra, temente a Deus. Ao ser posto á prova, começa um processo intenso de autodescoberta e conhecimento em níveis muito mais profundos do que ele jamais poderia imaginar. Na verdade, Deus não precisava provar nada para ninguém; afinal, ele sabe de tudo. Mas, deixe-me perguntar: você leu o texto bíblico indicado? Não?! Então vá ler e depois volte aqui.

     Pronto! Agora que você leu, podemos continuar! Até onde será que um homem pode suportar perdas, dores, frustrações e problemas? Até que ponto problemas e perdas são sinas do abandono de Deus? Ou de que Ele não se importa mais? A experiência de Jó nos revela todos os seus afazeres junto da alegria e bons filhos, mas não fundamentava sua vida em nada disso. Sua vida estava fundamentada na certeza de que Deus é bom e digno de confiança e de ser adorado. Jó não cria que Deus fosse culpado de sua "má sorte". Ele não transferiu para as "costas largas" de Deus os problemas que a vida lhe causou. Jó não viva uma relação utilitarista e interesseira com Deus. Ele O amava e cria em Deus pelo que Ele era: Senhor da sua vida!

      A vida de Jó pode ser lida apenas no capítulo 1. Leia tudo! Jó não teve "paciência": ele teve resistência, teve perseverança, teve força, teve confiança imutável em Deus. E tudo o que teve para resistir e lutar veio de seu relacionamento com Deus. O mesmo Deus que esteve presente ao longo do sofrimento de Jó, se fez homem em Jesus e sofreu e morreu por nós. O mesmo Deus quer forjar em você um caráter tão integro quanto o de Jó. - WMJ

 

      Vale a pena buscar a Deus em todas as circunstâncias da vida.