7 Outubro

Emboscada

Leia-> 1 Samuel 25:23-25
...aos seus pés, dizendo: “Por favor, senhor! Escute-me! Eu sou a culpada” (v.24).

      NELL E Jim caminhavam em uma reserva quando um leão da montanha os emboscou, atacando Jim. Sua esposa Nell tentou ferir o animal com uma caneta. Quando viu que não funcionava, bateu no leão com um tronco até ele fugir!
     A maioria de nós nunca terá que lutar com um animal selvagem, mas podemos ter que defender nossa família de várias ameaças diferentes – críticas injustas, fofocas, ou até do valentão da vizinhança. Na hora H, o bom senso é importante quando tentamos manter nossa família a salvo.
     Abigail é famosa por seu juízo ao salvar seu marido do plano de Davi de “...[se] vingar por [ele] mesmo” (1 Samuel 25:33). Quando soube das intenções de Davi, Abigail mandou seus servos irem adiante para encontra-lo com um carregamento de mantimentos (vv.18-19).
   “Quando Abigail viu Davi, [...] ajoelhou-se diante dele [...] dizendo: ‘[...] Eu sou a culpada!” (vv.23-24). Sua humilhação foi o ponto de partida para a conversa com um homem que estava preparado para guerrear. Ela devia saber que “A resposta delicada acalma o furou...” (Provérbio 15:1).
A estratégia de Abigail funcionou, e Davi a escutou enquanto ela admitia que Nabal “...não vale nada...um tolo...” (v.25). Nabal havia insultado os mensageiros de Davi, e, apesar de não ser algo fácil, Abigail sabiamente defendeu sua família no conflito.
    No fim, Davi agradeceu a Deus pelo juízo dela (v.33) e absolveu Nabal. A receita de sensibilidade de Abigail: a reação rápida, a abordagem humilde e o fato de assumir a culpa - nos ajudarão também quando interviermos por nossos familiares e outras pessoas. A bondade advinda de Deus é um grande método para frustrar as emboscadas deste mundo.
-Jennifer Benson Schuldt