17 Outubro

Lidando com dragões

Leia->Atos 19:11-20
O enorme dragão [...] aquela velha cobra, chamada Diabo ou Satanás, que leva todas as pessoas do mundo a pecar [...] foi jogado sobre a terra, e os seus anjos [...] junto com ele (Apocalipse 12:9).

    
O adesivo no carro à minha frente me fez rir: Não se meta nos assuntos dos dragões, pois você é crocante, e fica bem com Ketchup.
O dono do carro tem bom senso de humor. A frase contém uma verdade profunda: Não brinque com aqueles que têm potencial de devorá-lo.
    As Escrituras se referem ao diabo como um dragão (Apocalipse 12). Apesar de enfraquecido, ele continua sendo o líder dos anjos que se rebelaram contra Deus. O “dragão” é real, e não se deve mexer com ele.
    Enquanto Paulo servia a Deus em Éfeso, alguns líderes religiosos locais invejavam sua habilidade de realizar milagres, e tentaram imitá-lo, expulsando espíritos maus. Lucas, o historiador, nos diz: ...quiseram usar também o nome do Senhor Jesus para expulsar os espíritos maus, dizendo a eles: ‘Pelo poder do nome de Jesus, o mesmo que Paulo anuncia, eu mando que você saiam1’ [...] Um espírito mau disse a eles: ‘Eu conheço Jesus e sei quem é Paulo. Mas vocês, quem são?” (Atos 19:13-15). Por causa disso, eles levaram a surra de suas vidas (v.16). Como foram pretensiosos em achar que teriam poder sobre demônios sem conhecer a Jesus! Até Miguel, um dos anjos mais fortes de Deus, não se atreveu a discutir com o diabo, apenas respondendo “...Que o Senhor repreenda você!” (Judas 1:9).
     Mas também é igualmente errado temer o diabo sem necessidade. Numa passagem que nos alerta sobre aqueles que se opõem às coisas de Deus, João nos dá estas palavras reconfortantes: “Meus filhinhos vocês são de Deus e têm derrotados os falsos profetas. Porque o Espírito que está em vocês é mais forte do que o espírito que está naqueles que pertencem ao mundo” (1 João 4:4).
    O Cordeiro foi sacrificado por nós (Apocalipse 5:6-10). Não precisamos matas dragões. Alguém muito mais poderoso já derrotou nosso adversário.
-Tim Gustafson