10 de Novembro

 

Um vai outro fica.

 

Leitura Bíblica: Mateus 24.36-40

 

Dois homens estarão no campo: um será levado e o outro deixado (Mt 24.40).

 

       Quem decide? Não há dúvida. Deus é amor e não quer que alguém se perca. Mas é também Deus de justiça. Em nosso  texto Jesus fala de duas pessoas que trabalham na mesma fazenda. Um foi aceito para estar com Deus e o outro não. Quem sabe os dois viviam na mesma casa. Comiam na mesma mesa e iam ao mesmo templo. Só que um se aproximou de Deus e o outro se afastou. Um é salvo, o outro se perde.

      A Bíblia apresenta muitas vezes esse contraste entre duas pessoas. É só lembrar de Saul e Davi. Saul foi humilde no começo, como Davi também. 1Samuel 10.6diz que o Espírito do Senhor haveria de dominar Saul. Quanto ao pecado, não há dúvida, os dois eram pecadores e erraram na vida. Davi, entretanto, se arrepende e encontra perdão. Mas Saul deixou-se levar pela dureza do seu coração e enveredou pelo caminho da justiça própria. Acabou procurando socorro com uma médium. O seu fim foi trágico. Entre os cooperadores de Paulo estavam João Marcos e Demas. Os dois viveram na companhia de Paulo. João Marcos chegou a ser rejeitado por Paulo em certa ocasião. Tempos depois Paulo escreve a Timóteo pedindo que viesse com João Marcos a Roma, porque ele haveria de ser muito útil. E o que ficou registrado sobre Demas? "Demas, amando este mundo, abandonou-me" (2Tm 4.10). Veja que é sempre a vontade de cada um que acaba direcionando a vida. Não basta o entusiasmo momentâneo. Não basta uma decisão emocional instantânea. É necessária uma mudança e transformação da própria mente. É necessário um novo nascimento. Ouça o que Jesus disse a Nicodemos: "Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo" (Jo 3.3). Portanto, não se satisfaça com menos, pois você corre o risco de ser deixado na trevas. Deu para entender quem deCide? - HM

 

      Existe o Caminho; ele está escrito em mim. Preciso decidir percorrê-lo.