19 de Novembro

 

Agarrado!

 

Leitura Bíblica: Salmo 118.14-24

 

Ninguém as pode arrancar da mão de meu Pai (Jo10.29).

 

      O circo se assemelha muito à nossa vida! Para viver, precisamos de equilíbrio, destreza, coragem, calma, controle, alegria, sobriedade e confiança. A confiança é o elemento-chave  dos artistas do trapézio. O trapezista faz tudo aquilo porque sabe que o agarrador  estará lá para segurá-lo. Por só fazer isso, ele até parece não ser importante. O trapezista, porém, não executa sua arte somente porque a domina, mas porque tem alguém em quem pode confiar a ponto de colocar a vida em suas mãos.

      Na vida diária, todos nós precisamos de um agarrador, de um suporte, de alguém que esteja no local certo na hora precisa, não importa o que tenhamos feito. Em meio a uma tempestade, Pedro começou a afundar e gritou: "Senhor, salva-me" Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou (Mt 14.30-31). Jesus disse a um homem morto e enterrado há quatro dias: "Lázaro, venha para fora!" O morto saiu (Jo 11.43-44). O primeiro foi agarrado para não perder a vida, o segundo foi apanhado na morte para viver. Todos os que crêem em Jesus receberam ampla liberdade para viver de forma diferente dos que não crêem. Essa liberdade nos dá ousadia para superar as adversidades, mas se somos livres e criativos é porque confiamos no grande agarrador, aquele que nos apanha com suas próprias mãos, cujos ferimentos provam o seu amor por nós.

      Nós, cristãos, recebemos de Deus o Espírito Santo que nos estimula a viver desafios pela fé naquele que nos agarra nas horas críticas. É a confiança naquele que o agarrou para viver que mudará sua visão de si mesmo, do mundo e das oportunidades. É a confiança naquele que o agarrou para a vida e a liberdade que o tornará criativo. Para dependermos desse suporte e da segura presença de quem criou o mundo é preciso entregar-se ao seu agarrador, o Senhor Jesus Cristo. - MLN

 

       Jesus nos agarra e nos arranca deste mundo maldito.