27 de Novembro

 

Vida passageira

 

Leitura Bíblica: Salmo 39.1-13

 

Se vivemos, para o Senhor vivemos; e, se morremos, morremos para o Senhor. Assim, quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor (Rm 14.8).

 

       O dia 27 de novembro de 1998 permanecerá marcante na minha vida. Minha querida esposa, mão de nossos três filhos ainda menores, partiu desta vida aos 41 anos de idade. Dezessete meses antes se diagnosticara um melanoma. Seguiu-se um longo e sofrido tratamento com cirurgias e quimioterapia. A esperada cura não vinha. Pelo contrário, o organismo dava mais e mais sinais de fraqueza. Éramos cercados do amor e das intercessões de centenas de irmãos. Isso nos fazia bem. Mas também nesta situação a Palavra do Senhor tornava-se cada vez mais pessoal. Silenciávamos diante dela. Queríamos nos aquietar para ouvir o Senhor falar. Houve momentos de muitas lutas. Minha esposa passou por um período de depressão. Ela dizia: "Sei que estou salva. Mas quero viver e ver os meus filhos crescerem". Muitas lágrimas rolaram. Até que numa noite, já bem tarde, Angela tomou a minha mão e disse; "Querido, agora orei e disse ao Senhor que se ele quisesse, que me curasse. Ele tem poder para isso.  Mas se ele não quiser me curar, então que me leve. Estou pronto agora. A palavra de Romanos 14.8 me deu o consolo que eu precisava. Choramos muito naquela noite. Mas então pudemos orar consolados pelo Senhor Jesus. Foi então que a vitória foi alcançada. A alegria e a paz tomaram o lugar da tristeza e da angústia. Ela agora podia esperar no Senhor (Sl 39.7). E foi isso o que presenciamos até o dia de sua partida. Aprendi com tudo isso como a vida é passageira. Bastou um pequeno nódulo de 5 milímetros para lhe ceifar a vida. Assim é a vida. Os dias passam rapidamente. Quando menos esperamos, a morte está aí. E então? Precisamos de uma viva esperança. É disso que o Salmo de hoje nos fala. Feliz de quem pode dizer: a minha esperança está em ti. Você conhece isso? - LS

 

      Diante da efemeridade da vida só há esperança: Jesus Cristo. Você já o aceitou?